SEMANA DE MODA EM PARIS-INVERNO 2017 : DIOR

Oie meus amores! Tudo bem com vocês?

Hoje decidi trazer um tipo de post que eu amo fazer, mas que estava sem tempo, que é um espaço aqui no blog que eu tiro para comentar os desfiles e as tendências das Semanas de Moda.

Acho que vocês já devem saber, mas, tá rolando a Semana de Moda em Paris! Várias grifes como Lanvin, Vetements, Loewe, Issey Miyake, Dior, Undercover, Isabel Marant, Haider Ackermann, Elie Saab e váaarias outras já arrasaram nas passarelas do PFW!! Mas como não dá pra falar de todas, decidi escolher as minhas preferidas. E hoje, a grife é a Dior! Para isso, vou colocar aqui abaixo a biografia de Christian Dior para que vocês possam conhecer melhor a empresa e sua história.

“Christian Dior foi um importante estilista francês e o fundador da empresa de vestuário Christian Dior S.A., uma das mais famosas da moda mundial.

Filho de um comerciante de fertilizantes da região do Canal da Mancha, desejou ser artista plástico, mas foi enviado para Paris a fim de estudar Relações Internacionais, uma vez que o seu pai queria que o filho seguisse a carreira diplomática.

Ainda jovem começou a frequentar ateliês de pintura e de desenho, chegando mesmo a pintar alguns quadros. Mas foi a sua habilidade para desenhar roupas que lhe proporcionou uma carreira internacional. O seu círculo de amigos expandiu-se e conheceu um importante empresário da indústria têxtil, que lhe garantiu patrocínio para a produção de algumas peças. O investimento que foi bem sucedido: os seus traços e a visão que tinha do corpo feminino causaram fascínio e delírio e, em 1947inaugurou a Mansão Dior de que o mundo pós-guerra necessitava. Além de causar fascínio pela sua elegância e luxo, o conceito do New Look vinha carregado de extravagância e exagero: vestidos tradicionalmente feitos com 5 metros de tecido, agora usavam até 40 metros. Isso também ajudou a repercussão do conceito permitindo encerrar a mentalidade do racionamento no pós-guerra. Durante a guerra, Dior vestia desde as esposas dos generais do império Nazista às mulheres francesas.

Ao longo de sua carreira fez a própria tradução física dos sonhos e da fantasia humana através de seus vestidos. Morreu durante suas férias em Montecatini Val di Cecina, Itália, no dia 23 de outubro de 1957, vítima de um ataque cardíaco.”

E agooora sim podemos ver o que bombou na passarela!

collage1collage2collage3collage4collage5

Terninhos, sobretudos.botinhas, mix de estampas, animal print, óculos redondos e fendas, sem dúvidas. foram destaques e grandes tendências.

Espero que vocês tenham gostado! Mil beijos ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s